De Profundis – Balada do Cárcere de Reading

De Profundis – Balada do Cárcere de Reading

Quer em seus hábitos, quer em seus escritos, Wilde assumiu de início a atitude de um dândi. Seu talento superou no entanto essa fase superficial, para florescer com rara beleza em obras-primas inesquecíveis. ´De Profundis´ é o texto escrito na prisão, quando foi condenado sob a acusação de homossexualismo após o escandaloso caso em que se envolveu com Lord Alfred Douglas. É uma longa carta de recriminações a seu ex-amante e causa de toda sua desgraça. Nesse documento Wilde explica sua conduta sem tentar defendê-la. Faz parte deste volume a célebre ´Balada do Cárcere de Reading´, considerado seu melhor poema. Sobre este texto André Gide escreveu: ´A Balada é uma lamentação humilde e rebelde, ao mesmo tempo, e de uma cadência admirável´.

Artigos Relacionados

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *

Cancelar resposta