Últimas Postagens

  • Tributo às Crianças0

    Em 5 de fevereiro de 2019, enquanto rabisco algumas frases na tentativa de elaborar uma das Crônicas do Cotidiano… Percebo-me voltando à página anterior, quando expressava minha reflexão sobre o legado que estamos deixando para as crianças e adolescentes: “(…) Temos pouco tempo para pensar em todos as crianças (…) que Mundo estamos deixando para

    LER MAIS
  • É proibido sonhar…

    É proibido sonhar…0

    Voltamos à crônica intitulada Tributo às Crianças e, nesta oportunidade, damos continuidade à mesma reflexão. Justificamos o “nós”, pois somos devedores e responsáveis por essas crianças e adolescentes. Nós adultos, somos sim responsáveis não apenas pelos que são os nossos – filhos, sobrinhos, afilhados, enteados, brasileiros ou refugiados, todos são nossa responsabilidade e URGE QUE

    LER MAIS
  • CRIMES AMBIENTAIS EM SÉRIE. Mariana, Brumadinho…

    CRIMES AMBIENTAIS EM SÉRIE. Mariana, Brumadinho…0

    Em Minas Gerais/BR, rompimentos em barragens de rejeitos de mineração provocam destruição em grandes proporções, com degradação ambiental, acarretando a precarização da atividade econômica, descaracterização social-humana, contaminação de rios, mares, desaparecimento da fauna e flora, provocando mortes e outros danos ambientais irreversíveis, em curto, médio e longo prazos. Em Mariana/MG, em 2015, ocorreu o rompimento

    LER MAIS
  • Tempo… para as crianças

    Tempo… para as crianças0

    Tempo… para as Crianças!   Hoje meu pensamento me fez voltar ao tempo com crianças. Adoro crianças. Sempre gostei de ler revistas infantis em quadrinhos para “acalentar” meus sobrinhos, ao balanço gostoso de uma rede, ventilação refrescando o calor do Nordeste. Assim, atendi a um chamamento e “adotei” meus sobrinhos, às vezes contando uma historinha

    LER MAIS

Crônicas Das Cidades

  • Tempo… para as crianças

    Tempo… para as crianças0

    Tempo… para as Crianças!   Hoje meu pensamento me fez voltar ao tempo com crianças. Adoro crianças. Sempre gostei de ler revistas infantis em quadrinhos para “acalentar” meus sobrinhos, ao balanço gostoso de uma rede, ventilação refrescando o calor do Nordeste. Assim, atendi a um chamamento e “adotei” meus sobrinhos, às vezes contando uma historinha

  • Era uma vez… uma Normalista, um Pequeno Cientista e a Conquista do Espaço

    Era uma vez… uma Normalista, um Pequeno Cientista e a Conquista do Espaço0

    Neste texto volto ao meu tempo de normalista, buscando a independência. “Visitei” a imaginação e a memória resolveu me revelar algumas passagens. Juntando todos os caquinhos aos fragmentos da realidade, consegui (re)compor uma fase bem significativa … vamos à história… Cursava o último ano do curso pedagógico que conclui em 1967, sentindo-me insegura para assumir

Cidade em Foco

  • Um olhar sobre…  eleições 2018. (E t-III)

    Um olhar sobre… eleições 2018. (E t-III)8

    Neste domingo, em 28 de outubro de 2018, realizou-se mais uma fase do Processo Eleitoral/2018, tendo comparecido 115.933.451 votantes equivalentes a 78,70 % do eleitorado brasileiro. O candidato Jair Bolsonaro foi considerado eleito com 55,13 % dos votos válidos. O Candidato Fernando Haddad obteve 44,87 %. Este resultado demonstra a feição polarizada entre os dois

  • Um olhar sobre… eleições 2018 (E t-II)

    Um olhar sobre… eleições 2018 (E t-II)1

    Neste domingo próximo passado – em 28 de outubro de 2018 – por fim, realizou-se mais uma fase do processo eleitoral, com a presença direta de parte do eleitorado brasileiro. Sim, pois sem a sua presença o processo teria sido boicotado. Mas o eleitor não se percebeu nesse papel transgressor, ou assim não se assumiu

Buscar ''

Recomendados

Mundo

VER OUTROS POST DE MUNDO

Estilo de Vida

  • 0%Olhando ao Redor e Seguindo  em Frente! (O t-I)

    Olhando ao Redor e Seguindo em Frente! (O t-I)1

    No universo das mídias sociais, não raramente, pode-se constatar o aceleramento, em todas as esferas da vida cotidiana. A demanda por respostas rápidas e soluções imediatas exige agilidade, em pensamentos, palavra e atos. A necessidade de raciocinar rapidamente ante as demandas cotidianas já não nos causa estranhamento, embora não seja confortável a pressa também em